Alimentação Natural para Cães

Alimentação Natural para cães é um assunto que eu gosto muito e aderi na nossa casa há pelo menos 5 anos. O conceito, que pode parecer novo para algumas pessoas, vem sendo aderido cada vez mais por veterinários e guardiões. Nada mais é do que dar ao seu animal de estimação uma alimentação de verdade, proteínas, vegetais, carboidratos e outros alimentos naturais.

Não sei se todos vocês sabem, mas eu tenho dois filhotes peludos, o Luke um Shih-tzu mimado e o Killer o Pastor Alemão mais dócil do planeta e há alguns dias eu postei nas redes sociais sobre a alimentação natural que eu faço para eles e surgiram muitas pessoas interessadas no assunto, então resolvi dividir um pouco da minha experiência com vocês.

Por que mudei a Alimentação Natural? Por que resolvi não dar mais ração para eles?

Tudo começou quando passamos a consumir menos alimentos processados em casa. E, desde então, a ideia de dar aos meus cães uma ração altamente industrializada me incomodava. Os meus pequenos sempre consumiram porções de vegetais e legumes como petiscos, mas eram somente snacks e a base da alimentação deles era a ração.

Eu sempre tive a preocupação de escolher uma ração de qualidade para eles, da categoria super premium. O meu shih-tzu nunca teve “problema” para comer ração, ele sempre teve apetite e comia bem, já o meu pastor não. Ele era, na minha visão, “enjoado” para comer. Mudei inúmeras vezes a marca, o sabor, mas ele simplesmente não comia bem, problema este que foi se intensificando com o passar dos anos, ao ponto dele comer super pouco (praticamente o mínimo aceitável), ter a imunidade baixa e ficar doente com facilidade, além dos vômitos frequentes por ficar, às vezes, muito tempo sem comer.

Analisando o histórico dele, as orientações da veterinária que nos atendia ainda no Paraná e indicação de possivelmente ele ter gastrite, e tudo que li sobre a alimentação natural para cães, tudo passou a fazer muito sentido para mim.

A ração é um alimento altamente processado, cheio de conservantes, corantes, aromatizantes, realçadores de sabores, sódio, muitos elementos que podem prejudicar a imunidade, causar processos inflamatórios, hormonais e alergênicos nos cães. A base da maioria das rações disponíveis no mercado é cereais: milho e soja e, para piorar ainda mais, transgênicos. Outra questão é a utilização dos conservantes BHA e BHT em rações para cachorro, substâncias estas que foram classificadas como cancerígenas pela Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer, da Organização Mundial de Saúde.

Observando os meus filhotes, constatei que muito do que li fazia total sentido. O meu shih-tzu há muito tempo já vinha comendo ração da linha light/obesity e mesmo assim nunca perdeu peso e parecida cada vez mais faminto. O pastor sempre teve problema de imunidade e, apesar de aparentar ter fome, nunca comia a porção adequada de ração e sempre apresentava problemas gástricos.

Não tive mais dúvidas, era hora de mudar a alimentação deles: deixar a ração de lado e partir para a AN (alimentação natural para cães).  E quero deixar claro aqui: não estou falando em dar restos de comidas. Isso não pode!!!! E se for para fazer isso é melhor continuar na ração, ok?! Estou falando de uma alimentação natural preparada especialmente para os pets.

ALIMENTAÇÃO NATURAL PARA CÃEES

Pesquisei muito e optei pela alimentação natural cozida, especialmente em razão dos problemas gastro-intestinais do meu grandão, opção esta aprovada pela veterinária. Li, reli, estudei, pesquisei e implantei em casa o modelo indicado no site Cachorro Verde, o qual considero essencial sobre o assunto. Marquei ainda uma consulta com a veterinária e nutróloga Ana Carolina da Pet Smash para adequar o cardápio deles, as quantidades e suplementos necessários.

Como funciona a Alimentação Natural para Cães? O que devo dar?

Primeiro, a alimentação é individualizada e proporcional ao peso de cada um deles e a quantidade de exercícios que cada um faz regularmente.

A composição das refeições consistem em porções de carboidratos (35%), vegetais (30%), carnes/proteínas (30%) e vísceras (5), além de suplementação.

  • Carboidratos: arroz integral, batata doce, inhame, batata baroa, lentilha, grão de bico e outros;
  • Vegetais: cenoura, couve, folhas verdes, quiabo, aspargos, ervilha, tomate, salsão, beterraba, abóbora, dentre tantos outros (cuidado com os vegetais tóxicos);
  • Proteínas: Frango, porco, boi, ovos, peixe, dentre outros…
  • Víceras: Fígado, rim, …..
  • Além de toda a suplementação: cálcio, sódio, omega 3, óleos essenciais, gergelim, sal, probióticos, dentre outros, tudo preparado e pensado especialmente para eles.
ALIMENTAÇÃO NATURAL PARA CÃES

Portanto, a quantidade que seu animalzinho precisa, deve ser calculada especificamente para ele. Procure um veterinário se deseja fazer a transição.

Valeu a pena trocar a ração?

Hoje eu tenho convicção de que foi a melhor opção que eu fiz por eles. O meu trabalho aumentou e muito, porque convenhamos: ração é muito prática. Agora eu preciso comprar, preparar e porcionar todas as refeições deles e tenho que admitir que a quantidade diária de comida para um pastor alemão é grande (mais de 1kg/dia), mas vale cada minuto investido.

Sabe o cachorro enjoado que eu achava que tinha em casa? Pois é, hoje ele tem muito apetite, come TUDO e se eu colocasse mais comida ele comeria. Ele ganhou peso e está muito mais saudável.

O shih-tzu está gradativamente perdendo peso, mas continua faminto (aliás, seu cachorro pode parecer com fome, mas garanto que ele come super bem e a comida é tão gostosa que eles sempre vão querer mais).

O pelo deles está lindo e eles estão muito mais saudáveis e amam a nova alimentação. Não tenho dúvidas dos benefícios desta alimentação para eles.

Os exames de sangue recente que fizemos em ambos constataram que após 4 anos comendo alimentação natural fizeram muito bem. Todos os índices estão normais e inclusive ótimos para a idade deles.

Como seguidora de alimentação natural eu aconselho todo mundo a fazer essa transição, tanto para vocês quanto para seus pets. Mas é uma transição e deve ser feita gradativa e consciente, especialmente para os seus filhotes peludos.

Minha dica: Estude, converse com profissionais para ver qual a melhor opção para o seu cãozinho, especialmente se ele tiver problemas como alergias.

Dá trabalho, mas com organização e planejamento tudo é possível e vale a pena todo esse amor investido para aqueles que amamos e nos fazem tão felizes!

NÃO PERCA NENHUMA DAS RECEITAS DO TEMPERANDO:
YOUTUBE  /  FACEBOOK  /  INSTAGRAM  /  GOOGLE+  / PINTEREST  /  TWITTER
VEJA MAIS RECEITAS AQUI
1 Comment
  1. Eu também aderi aqui em casa com minha cachorrinha, e os benefícios são visiveis começando pelos pelos que pararam de cair e ficaram mais bonitos

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.